Na linha de fogo

Levar todos os dias com lições de moral sobre decisões que, francamente, só nos cabem a mim e ao pai dela. Estar na linha de fogo de informação cruzada e diametralmente oposta sobre tudo o que diz respeito à saúde da nossa bebé. Ser alvo de campanhas de marketing guiadas mais por agendas políticas do que por directrizes que respeitem o bom senso.

Mais a vizinha, que também acha que sempre que ela chora há-de ser por fome, pois claro. Ou frio. Que a mãe, claramente, não a agasalha nem a alimenta como deve ser.

Pum, pum.

Minês

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s